Em tempos de Copa do mundo, todo brasileiro torce pela vitória do Brasil, jogo a jogo. Mas quando o assunto é desperdício de alimentos, já estamos entre os 10 países da liderança e, ao contrário do futebol, essa conquista é motivo de muita tristeza. O Brasil, além de ser um dos países que mais produz alimentos no mundo, é também um dos que mais desperdiça. E isso se dá em diversas etapas: na colheita, no transporte, no armazenamento, na distribuição e no consumo.

O desperdício de alimentos no mundo todo é alarmante. Segundo a Organização das Nações Unidas para a Alimentação e a Agricultura, a FAO, 1, 3 bilhões de toneladas de alimento são desperdiçados por ano no mundo e poderiam ser reutilizados, caso as pessoas soubessem aproveitá-los melhor.

Embora o desperdício causado pelo consumidor seja uma das etapas menos representativas nesse contexto, ele também é grande e deve ser evitado. Por uma questão de consciência e também de inteligência, já que muito do que mandamos para o lixo é rico em nutrientes.

Pode parecer complicado introduzir novos hábitos, ainda mais na correria em que vivemos. Mas na verdade, é muito mais simples do que parece. Pensando nisso, a Preza separou 8 dicas super fáceis que você pode começar a adotar hoje mesmo. Desperdiçando menos alimentos, você ajuda o meio ambiente e ainda ganha muito mais saúde!

  1. Vá ao supermercado sempre bem acompanhado(a), de mãos dadas com a sua lista de compras! Assim, você evita a famosa compra por impulso. Hoje em dia, existem aplicativos para ajudar na tarefa. Como por exemplo o By Me a Pie, disponível também em português, com uma lista de compras clean e fácil de operar. E você ainda pode sincronizá-la com outros usuários.
  2. Muito se fala na organização dos armários de roupas, mas pouca gente lembra de organizar a geladeira também. Guarde as verduras e frutas nas gavetas corretas e congele parte dos alimentos que você sabe que não irá consumir de imediato.
  3. Reutilizar é o grande segredo. O caule do brócolis pode virar pesto, as folhas da cenoura podem ir pra salada, o pão velho de ontem pode ser o delicioso crouton de hoje e o arroz que sobrou do almoço pode se transformar no bolinho de arroz de amanhã.
  4. Uma grande utilidade para suas formas de gelo: Coloque as ervas frescas na manteiga ou no azeite, dentro das forminhas. Alecrim, sálvia, tomilho e orégano, todos vão ficar bem congelados.
  5. Despejeo vinho que sobrou na forma de gelo e leve-a ao congelador. Quando precisar de vinho para uma nova receita, é só reutilizá-lo.
  6. Já pensou em fazer batatas fritas crocantes com a casca que sobrou? Misture cascas de batata com bastante suco de limão e azeite. Espalhe as cascas de batata em camadas em uma assadeira e leve ao forno na temperatura de 200°C, mexendo de vez em quando até dourar (cerca de dez minutos). Tempere a gosto.
  7. Neste friozinho, que tal uma sopa bem quentinha? Ferva cascas de batata, de cebola, de cenoura, além de alho poró, salsinha e cebolinha para render um belo caldo.
  8. E se tudo falhar, resta a última alternativa: faça compostagem, ou seja, adubo orgânico da melhor qualidade. Confira o passo a passo acessando aqui:https://www.youtube.com/watch?v=Oc8p3Q7F6E4

Leave a comment