A POLÊMICA SOBRE O USO DO PLÁSTICO

Não é de hoje que a gente sabe da importância de reduzir o consumo do plástico, desde a sacolinha do supermercado até o copinho de café e as embalagens de produtos de higiene e beleza. O problema é que o plástico está presente onde a gente menos imagina, como tintas, eletrodomésticos, roupas, esmalte de unha e por aí vai. Mas parece tão complicado administrar e principalmente substituir tudo isso, que o assunto sempre fica para depois.

Pense bem: as garrafas de plástico, sacos e recipientes para viagem que usamos apenas por alguns minutos são feitas de um material que é projetado para durar para sempre. Nós descartamos 8 milhões de toneladas de plástico, diariamente. E, como sabemos, ele leva 450 anos para se decompor.

O plástico possui impactos ambientais que são gerados na produção, no consumo e no descarte, causados pela poluição gerada por substâncias indesejáveis emitidas para o meio ambiente. Milhões de toneladas de plástico flutuam nos oceanos, formando ilhas artificiais e causando sérios danos ao ecossistema marinho.

Foi pensando nisso que surgiu o projeto Plastic Free July. O projeto escolheu o mês de julho, mas na verdade você pode fazer quando quiser.

O Plastic Free July tem como objetivo aumentar a conscientização sobre os problemas com o plástico descartável de uso único, desafiando as pessoas a fazer algo a respeito. Ao participar, você se juntará a milhões de pessoas de 159 países em todo o mundo para fazer a diferença. A ideia é reduzir o consumo do plástico pelo período de um mês, como forma de aprendizado. Boralá começar hoje mesmo?

No site do projeto existem várias dicas interessantes, seguem aqui algumas que a Preza separou para você. A melhor forma de iniciar é com pequenos gestos. Lembre-se: reduza, reutilize, recicle, repense.

– Espelhos limpos com produto feito em casa: despeje um pouco de vinagre sobre uma folha amassada de jornal e limpe o espelho. Seque com uma folha limpa de jornal

– Enrole presentes sem fita plástica. Você pode aprender a arte do furoshiki (embrulho com tecido), o resultado é surpreendente.

– Use o seu próprio recipiente de bebida reutilizável, mesmo em uma viagem de avião.

 – Escolha recipientes de armazenamento de alimentos em vidro ou aço inoxidável.

– Em vez de comprar mudas em plantas de vaso de plástico, compre sementes e comece do zero.

ALERTA TREND: PRESENTE PARA O DIA DOS NAMORADOS

 

Junho é sem dúvida o mês mais fofo do calendário. O mês do beijo, do abraço apertado, das declarações de amor e da invasão dos emojis de coração. Sim, junho é o mês dos namorados.

 

O problema surge quando a gente pensa no presente. Todo mundo quer ser criativo e original, mas sempre surge o medo de uma bola fora. Pois saiba que nós aqui da Preza pensamos com todo o carinho em vocês, casais apaixonados, para desenvolver uma promoção apaixonante.

 

Para comemorar o Dia dos Namorados, preparamos um presente muuuito especial (assim mesmo, caprichando na vogal). Durante o mês de junho, quem comprar um óculos ganha um par de colares fofíssimos, com pingentes de madeira feitos à mão e personalizáveis. Isso significa que você pode gravar nele o que quiser, desde um nome até uma palavra ou expressão de amor. Mais do que um presente, é uma emoção guardada para sempre, na memória, no coração e no pingente 🙂

 

Agora que a gente já deu toda essa barbada, o resto é com você. Acesse preza.me e escolha o óculos que mais combina com o seu amor. O frete é grátis e você pode pagar em até 3 vezes sem juros. Tem óculos de vários estilos, cores e formatos. Lembrando que todos são feitos `a mão, portanto únicos, como o seu amor.

FELIZ DIA DAS MÃES

Mãe, uma palavrinha de apenas três letras que representa o amor infinito. Mãe é aquela que cuida, que protege, que se doa. Existem vários tipos de mãe, mas a gente costuma dizer que no fundo todas elas são iguais. No entanto, existe uma outra mãe que nem sempre é tão lembrada, mas que da mesma forma é imprescindível na vida da gente: a mãe natureza.

A natureza simboliza a fertilidade, os ciclos, a nutrição. Assim como uma boa mãe, ela nos acorda com sol e nos faz dormir diante das estrelas. Ela nos aquece, nos dá banho, nos alimenta e nos enche de energia, fornecendo meios naturais e renováveis para seguirmos em frente. E é ela quem floresce o nosso jardim.

Produção artesanal

Nós valorizamos a natureza diariamente, pois é dela que provém a matéria-prima para os nossos produtos. A Preza traz armações de óculos produzidas artesanalmente em madeira e tecidos provenientes de sobras industriais, que chamamos de matéria-prima revisitada. Todo o processo de fabricação visa minimizar os impactos ambientais, por isso a colagem e o tratamento da madeira são elaborados somente a partir de materiais de origem vegetal e sem solventes.

Produção artesanal

Assim como somos eternamente gratos a nossa mãe biológica, devemos lembrar de agradecer também a mãe natureza por tudo o que ela nos proporciona. E retribuir cuidando dela de forma consciente, pois seus recursos, ao contrário do amor de mãe, são finitos.

Dia das Mães

Em homenagem ao Dia das Mães, a Preza criou uma promoção exclusiva. Na compra de qualquer produto, neste mês, você ganha um mimo fofíssimo pra completar o seu presente. Acesse o link e saiba mais: www.preza.me

3 IDEIAS PARA UMA PÁSCOA CHEIA DE AMOR

A palavra Páscoa vem do hebraico e significa “passagem”. Para os judeus, simboliza a libertação do povo hebreu do cativeiro no Egito. Para os católicos, representa o renascimento de Jesus Cristo, sendo a data historicamente associada a um período de renovação. E para você, qual o real sentido da Páscoa?

Se você está pensando somente nos chocolates, aí vai uma sugestão: que tal aproveitar esse momento simbólico para renovar a alma e fazer uma sessão desapego, doando tudo o que não serve ou não funciona mais? De uma coisa você pode ter certeza, sua Páscoa vai ter outro sabor, mais leve e mais doce.

Então boralá aproveitar o feriado para fazer aquela geral na casa toda! 🙂

A Preza separou três instituições beneficentes aqui de Porto Alegre onde você pode fazer suas doações. São apenas sugestões, o importante é praticar o exercício do desapego e doar para quem realmente precisa. Porque mais gostoso que uma Páscoa recheada de chocolate é uma recheada de solidariedade.

Foto: Wikimedia

  1. Mensageiro da caridade

Av. Ipiranga, 1155 – Bairro Azenha

Porto Alegre / RS

Fone 3223.2555

É uma organização sem fins lucrativos que há 60 anos atende as comunidades carentes de Porto Alegre e região Metropolitana. O Mensageiro da caridade recebe e também coleta a sua doação, dando novos usos para tudo o que está sendo descartado. Aceita os mais variados tipos de material reaproveitável como móveis, eletrodomésticos, louças, panelas, computadores e impressoras, brinquedos, roupas e calçados. A lista completa você encontra no sitewww.mensageirodacaridade.org

mensageirodacaridade@mensageirodacaridade.org

Foto: Wikipédia

  1. Pão dos Pobres

Rua da República, 801 – Bairro Cidade Baixa

Porto Alegre / RS

Fone 3433.6908

É uma fundação que trabalha na construção de um projeto de vida para crianças e jovens em situação de pobreza, vulnerabilidade social ou violação dos direitos. Aceita doações de bens materiais como roupas, brinquedos, livros, roupas de cama e banho. Mas existem outros itens aceitos, como comida, e várias outras formas de ajudar. Está tudo explicadinho lá no site

www.paodospobres.org.br

relacaoinstitucional@paodospobres.org.br

Foto: Poa24

  1.  Asilo Padre Cacique

Av. Padre Cacique, 1178 / Bairro Menino Deus

Porto Alegre / RS

Fone 3233.7571

É uma instituição que protege e inclui socialmente o idoso, oferecendo condições dignas de sobrevivência. Aceita doações de roupas e também de alimentos, medicamentos e dinheiro. Outras formas de ajudar, inclusive através de trabalho voluntário, você encontra no site.

www.asilopadrecacique.org.br

asilo@asilopadrecacique.com.br

ARTESÃO: MÃOS QUE INSPIRAM

Você já parou para pensar nas coisas que ainda são feitas à mão? Do óculos à gravata, a lista é democrática, porém já foi bem mais extensa. Com a industrialização e a produção em grande escala, os produtos artesanais tornaram-se mais raros e por isso hoje são tão valorizados. Carregados de história e significado, são peças autênticas num mundo de consumo cada vez mais homogêneo. Dizem que o futuro do luxo é feito à mão e disso nós não discordamos.

O artesanal simboliza o lado mais afetivo que parece também ser raro hoje em dia. Quando mal se cumprimenta um vizinho, saber quem fez aquilo que estamos comprando pode nos reconectar com nossas origens.

A moda faz tempo percebeu essa necessidade de exclusividade por parte dos consumidores. A marca Urban Zen (urbanzen.com), por exemplo, fundada pela estilista Donna Karan, tem justamente esse objetivo, pois preserva a cultura do artesanato global, com peças exclusivamente feitas à mão, de diferentes países.

Urban Zen
Foto: Instagram Urban Zen

Martha Medeiros (marthamedeiros.com.br), um exemplo nosso, bem brasileiro, é uma estilista alagoana que fez da renda feita à mão sua matéria-prima para costurar luxuosos vestidos. A renda é produzida exclusivamente para ela por artesãs de comunidades do Nordeste do Brasil.

Martha Medeiros
Foto: Instagram Martha Medeiros

Um exemplo mais recente é a Camus, marca de moda agênero feita à mão, criada pelo estilista Raziel Pinna, de apenas 21 anos, e revelada no ano passado no projeto Moda Rio.


Camus Costure
Foto: Instragram Camos Costure

E como moda é sinônimo de mudança, e inovação é o principal pilar que move essa indústria, eis um exemplo que uniu o melhor dos dois mundos: Ciao Mao(ciaomao.com). Combinando produção em escala e mão-de-obra artesanal, a marca de sapatos agrega um conjunto de acessórios que permitem à consumidora várias opções para personalizar seu calçado e formar assim diversos pares diferentes, tornando-a co-autora do processo.

 

Ciao Mao
Foto: Instagram Ciao Mao

Na decoração, quando o assunto é artesanato, o céu é o limite. Por isso, ao invés de falar aqui de bons exemplos, resolvemos compartilhar 4 perfis do Instagram que achamos inspiradores. O feed é um colírio para os olhos! Confere lá:

  1. Griz: Objetos lindos, design autoral e o contraste do verde das plantas com o cobre e o concreto.
  2. Handmade Lovers: produtos inspiradores de uma comunidade de empresários criativos.
  3. Handmade Studio TN: peças modernas e funcionais feitas de cerâmica.
  4. Elke Noda: a amante do design escandinavo cria peças de design simples e atemporal.

Quanto mais o mundo cresce, evolui, acelera, mais valor o artesão tem. Pela delicadeza, pelo afeto, pela tradição. Essa é a singela homenagem da Preza a todos os artesões que costuram um pouco da sua história em cada peça que produzem. Feliz dia! 🙂

COMO FAZER UMA HORTINHA CASEIRA

Você  certamente já ouviu aquele ditado que diz: “Tudo o que se planta, colhe”. No caso de fazer uma horta em casa, você planta verduras, temperos e legumes e colhe muito além deles, ganhando mais saúde, economizando embalagens, dinheiro e até o seu precioso tempo. Cultivar seu próprio alimento também traz mais consciência daquilo que se come. Com tantas vantagens, que tal experimentar? A Preza preparou algumas dicas básicas para ajudar você na preparação de uma horta caseira.

 

–       Espaço para fazer a horta não é mais um problema, principalmente para quem mora em apartamento. Hoje em dia, há opções de vasos de diversos tamanhos e também jardineiras. Escolha um recipiente com boa drenagem ou faça você mesmo um furinho na base. Isso evita o apodrecimento da raiz.

–       O melhor lugar para ter a sua hortinha é aquele com boa incidência de luz solar e pouca entrada de vento. Plantas precisam de água (neste caso, todos os dias) e também de sol, no mínimo 4 horas por dia.

–       O preparo do solo é a parte mais importante. Em canteiros, caixas ou vasos o solo precisa de adubação adequada para garantir o crescimento da planta. Uma boa dica é começar com uma camada de brita no fundo do recipiente, e depois misturar duas partes de terra, uma parte de composto orgânico (ou húmus de minhoca) e outra parte com areia. Dessa forma, você garante ao solo os nutrientes adequados e a terra fica fofinha, facilitando o desenvolvimento da raiz.

–       Mas afinal, o que é mais fácil de cultivar? Se você está querendo começar e não sabe por onde, prefira legumes que cresçam rápido e exijam um trato mais simples, como rúcula, espinafre, alface, manjericão, acelga e tomate-cereja. Chás e temperos são excelentes também!

 

Cultivando uma horta em casa, você cultiva bons hábitos alimentares, evitando alimentos industrializados e optando por verduras e legumes livres de agrotóxicos. Sem contar que o ritual do preparo e manutenção da sua horta, fazendo com que você mexa com a terra, estimula o contato com a natureza que muitas vezes está tão distante do seu dia-a-dia.

Se você curtiu a ideia e está a fim de saber mais dicas sobre o assunto, o Fabrique (nosso ilustre vizinho) oferece cursos de horta urbana, através de oficinas exclusivas. A próxima será agora dia 21 de abril, na Av. Polônia, 1073.

Clique aqui e informe-se! Ainda dá tempo de reservar teu lugar no curso 🙂

 

Horta caseira: plante essa ideia 🙂

DIA INTERNACIONAL DA MULHER.

No Dia Internacional da Mulher, nada mais oportuno do que lembrar daquelas mulheres que fizeram história e inspiraram importantes transformações. No mundo da moda, foram muitas as influências femininas na construção de novos estilos e até na mudança de comportamento. Numa época em que ninguém falava de empoderamento feminino, estas mulheres já mostravam sua força para romper padrões e construir uma identidade única. Hoje em dia, a gente diria que elas são, de fato, poderosas.

Imagem: Wikipédia

 

Coco Chanel: Gabrielle Chanel viveu num convento, no interior da França, onde aprendeu a costurar. Do retalho das saias das freiras surgiu as primeiras roupinhas para suas bonecas. Quem diria, dessa experiência veio a inspiração de Chanel para mais tarde criar clássicos como o tailleur e o soberano vestido preto, na época em que o preto era, até então, associado ao luto. Sua grife até hoje é sinônimo absoluto de sofisticação.

 

Imagem: Amazon

Carmem Miranda: Maria do Carmo Miranda da Cunha brilhava nos palcos dançando e cantando rumbas e marchinhas. Mas o que chamava a atenção, tanto quanto sua voz e sua desenvoltura, era o seu visual: trajes coloridos, turbante, colares e sandálias plataforma. Carmem Miranda ditou moda nos anos 30 e 40, influenciando inclusive o mercado de design de jóias com seus balangandãs.

 

Imagem: Biography

 

Cleópatra:  Cleópatra Tea Filopátora mais famosa rainha do Egito, era culta, falava diversas línguas e dominava a arte da sedução. Mãe, deusa e guerreira era também uma mulher muito vaidosa. Foi precursora de várias técnicas de maquiagem, com destaque para o icônico olho delineado e a sombra azul. Ostentava o luxo da nobreza também na forma de se vestir, usando muitos adornos e abusando do dourado.

Imagem: Exame

Marilyn Monroe: Norma Jeane Baker tinha quadril largo, seios grandes e muitas curvas. Mas ao invés de escondê-las, fez questão de mostrar para o mundo a sua beleza. Protagonista da cena mais famosa do cinema, na qual aparece segurando seu vestido branco esvoaçante sobre a ventilação do metrô de Londres, Marilyn deixou sua marca registrada usando saias plissadas, decotes, cintura marcada e salto agulha, tornando-se símbolo sexual dos anos 50.

Imagem: Fashion Bomb Daily

Naomi Sims: Muito provavelmente você não conheça esse nome, mas Naomi merece fazer parte dessa lista. Ela foi a primeira top model negra norte americana. Depois de receber muitas negativas de agências de modelos pelo fato de sua pele ser escura, ela virou o jogo. Em 1967, estampou a capa do Fashion of the Times, suplemento de moda do jornal The New York Times. Depois, estrelou a campanha nacional da empresa de telefonia AT&T. No ano seguinte, saiu na capa da revista Ladies’ Home Journal, sendo considerada o melhor retrato do movimento “Black is Beautiful”. E foi ainda capa da famosa revista Vogue, tornando-se uma referência e abrindo caminho para que outras modelos negras entrassem no mundo da moda.

Neste dia 08 de Março, a Preza homenageia essas mulheres para que a gente possa se espelhar nelas e nunca esquecer do mantra: somos capazes de fazer e de ser aquilo que quisermos.

8 DICAS PARA VOCÊ ADOTAR HOJE UMA POSTURA MAIS SUSTENTÁVEL

Se para você ser ecologicamente sustentável ainda é uma promessa e não uma rotina, vamos dar algumas sugestões simples para tonar o seu dia-a-dia mais verde, mais econômico e menos artificial. Confira abaixo 8 dicas que a Preza preparou para você colocar em prática hoje mesmo, pois são ações muito fáceis de implementar, basta aquele pontapé inicial para começar.

  1. Cancele o recebimento das suas faturas pelo correio, solicite faturas digitais e se livre de uma vez por todas daquele amontoado de envelopes e papéis.
  2. Ao usar a impressora, imprima frente e verso. Assim como os discos de vinil, papel tem dois lados!
  3. Compre à granel e economize dinheiro e embalagens. O meio ambiente agradece.
  4. Desligue da tomada aparelhos eletrônicos quando não estiverem sendo usados. Sim, eles consomem energia mesmo desligados.
  5. Use menos o seu carro. Hoje em dia, opções é o que não faltam: aplicativos para condução e caronas, bicicleta ou mesmo a boa e velha caminhada.
  6. Leia jornais e revistas online. Troque suas assinaturas impressas por versões digitais.
  7. Quando uma lâmpada velha queimar, troque-a por uma fluorescente que é mais ecológica e consome até 60% menos energia.
  8. Compre direto de quem faz. Estimule a economia local, valorizando a sua comunidade. Prefira sempre produtores locais.

Motivos é o que não faltam para você fazer a sua parte e adotar uma postura mais consciente. Lembre-se de que cada pequeno gesto tem um grande valor.

Então, pronto para colocar em prática sua listinha sustentável? Boralá! 🙂