PREZA E FOERNGES LANÇAM COLEÇÃO EXCLUSIVA

Sabe quando aquela pessoa que você gosta muito faz aniversário e dá aquela vontade de comemorar junto? Pois é exatamente assim que a gente está se sentindo ao celebrar os 123 anos da Foernges, uma empresa gaúcha que faz parte da memória do segmento óptico do País.

E para festejar essa data tão importante, a Preza e a Ótica Foernges acabam de lançar em parceria uma coleção exclusiva. Ela é composta por quatro modelos que homenageiam quatro personalidades da família que foram responsáveis pelo surgimento e crescimento da empresa: Carlos, Theobaldo, Bruno Alfredo e João Fellipe Foernges. O nome do homenageado está identificado na haste de cada modelo da linha. Cada peça é única, assim como a história da Foernges.

E a novidade fica por conta dos modelos que carinhosamente chamamos de cortados. A parte superior é feita de madeira e a inferior tem um fio de nylon. Delicadeza na medida certa para quem prefere um óculos mais levinho.

[foogallery id=”76632″]

São quatro modelos, cada um com seu estilo, mas todos com uma personalidade marcante que traduz a qualidade e a tradição de uma empresa centenária como a Ótica Foernges. Venha conhecer a família toda de perto. Clique aqui ou visite a Foernges mais perto de você.

3 IDEIAS PARA UMA PÁSCOA CHEIA DE AMOR

A palavra Páscoa vem do hebraico e significa “passagem”. Para os judeus, simboliza a libertação do povo hebreu do cativeiro no Egito. Para os católicos, representa o renascimento de Jesus Cristo, sendo a data historicamente associada a um período de renovação. E para você, qual o real sentido da Páscoa?

Se você está pensando somente nos chocolates, aí vai uma sugestão: que tal aproveitar esse momento simbólico para renovar a alma e fazer uma sessão desapego, doando tudo o que não serve ou não funciona mais? De uma coisa você pode ter certeza, sua Páscoa vai ter outro sabor, mais leve e mais doce.

Então boralá aproveitar o feriado para fazer aquela geral na casa toda! 🙂

A Preza separou três instituições beneficentes aqui de Porto Alegre onde você pode fazer suas doações. São apenas sugestões, o importante é praticar o exercício do desapego e doar para quem realmente precisa. Porque mais gostoso que uma Páscoa recheada de chocolate é uma recheada de solidariedade.

Foto: Wikimedia

  1. Mensageiro da caridade

Av. Ipiranga, 1155 – Bairro Azenha

Porto Alegre / RS

Fone 3223.2555

É uma organização sem fins lucrativos que há 60 anos atende as comunidades carentes de Porto Alegre e região Metropolitana. O Mensageiro da caridade recebe e também coleta a sua doação, dando novos usos para tudo o que está sendo descartado. Aceita os mais variados tipos de material reaproveitável como móveis, eletrodomésticos, louças, panelas, computadores e impressoras, brinquedos, roupas e calçados. A lista completa você encontra no sitewww.mensageirodacaridade.org

mensageirodacaridade@mensageirodacaridade.org

Foto: Wikipédia

  1. Pão dos Pobres

Rua da República, 801 – Bairro Cidade Baixa

Porto Alegre / RS

Fone 3433.6908

É uma fundação que trabalha na construção de um projeto de vida para crianças e jovens em situação de pobreza, vulnerabilidade social ou violação dos direitos. Aceita doações de bens materiais como roupas, brinquedos, livros, roupas de cama e banho. Mas existem outros itens aceitos, como comida, e várias outras formas de ajudar. Está tudo explicadinho lá no site

www.paodospobres.org.br

relacaoinstitucional@paodospobres.org.br

Foto: Poa24

  1.  Asilo Padre Cacique

Av. Padre Cacique, 1178 / Bairro Menino Deus

Porto Alegre / RS

Fone 3233.7571

É uma instituição que protege e inclui socialmente o idoso, oferecendo condições dignas de sobrevivência. Aceita doações de roupas e também de alimentos, medicamentos e dinheiro. Outras formas de ajudar, inclusive através de trabalho voluntário, você encontra no site.

www.asilopadrecacique.org.br

asilo@asilopadrecacique.com.br

ARTESÃO: MÃOS QUE INSPIRAM

Você já parou para pensar nas coisas que ainda são feitas à mão? Do óculos à gravata, a lista é democrática, porém já foi bem mais extensa. Com a industrialização e a produção em grande escala, os produtos artesanais tornaram-se mais raros e por isso hoje são tão valorizados. Carregados de história e significado, são peças autênticas num mundo de consumo cada vez mais homogêneo. Dizem que o futuro do luxo é feito à mão e disso nós não discordamos.

O artesanal simboliza o lado mais afetivo que parece também ser raro hoje em dia. Quando mal se cumprimenta um vizinho, saber quem fez aquilo que estamos comprando pode nos reconectar com nossas origens.

A moda faz tempo percebeu essa necessidade de exclusividade por parte dos consumidores. A marca Urban Zen (urbanzen.com), por exemplo, fundada pela estilista Donna Karan, tem justamente esse objetivo, pois preserva a cultura do artesanato global, com peças exclusivamente feitas à mão, de diferentes países.

Urban Zen
Foto: Instagram Urban Zen

Martha Medeiros (marthamedeiros.com.br), um exemplo nosso, bem brasileiro, é uma estilista alagoana que fez da renda feita à mão sua matéria-prima para costurar luxuosos vestidos. A renda é produzida exclusivamente para ela por artesãs de comunidades do Nordeste do Brasil.

Martha Medeiros
Foto: Instagram Martha Medeiros

Um exemplo mais recente é a Camus, marca de moda agênero feita à mão, criada pelo estilista Raziel Pinna, de apenas 21 anos, e revelada no ano passado no projeto Moda Rio.


Camus Costure
Foto: Instragram Camos Costure

E como moda é sinônimo de mudança, e inovação é o principal pilar que move essa indústria, eis um exemplo que uniu o melhor dos dois mundos: Ciao Mao(ciaomao.com). Combinando produção em escala e mão-de-obra artesanal, a marca de sapatos agrega um conjunto de acessórios que permitem à consumidora várias opções para personalizar seu calçado e formar assim diversos pares diferentes, tornando-a co-autora do processo.

 

Ciao Mao
Foto: Instagram Ciao Mao

Na decoração, quando o assunto é artesanato, o céu é o limite. Por isso, ao invés de falar aqui de bons exemplos, resolvemos compartilhar 4 perfis do Instagram que achamos inspiradores. O feed é um colírio para os olhos! Confere lá:

  1. Griz: Objetos lindos, design autoral e o contraste do verde das plantas com o cobre e o concreto.
  2. Handmade Lovers: produtos inspiradores de uma comunidade de empresários criativos.
  3. Handmade Studio TN: peças modernas e funcionais feitas de cerâmica.
  4. Elke Noda: a amante do design escandinavo cria peças de design simples e atemporal.

Quanto mais o mundo cresce, evolui, acelera, mais valor o artesão tem. Pela delicadeza, pelo afeto, pela tradição. Essa é a singela homenagem da Preza a todos os artesões que costuram um pouco da sua história em cada peça que produzem. Feliz dia! 🙂

COMO FAZER UMA HORTINHA CASEIRA

Você  certamente já ouviu aquele ditado que diz: “Tudo o que se planta, colhe”. No caso de fazer uma horta em casa, você planta verduras, temperos e legumes e colhe muito além deles, ganhando mais saúde, economizando embalagens, dinheiro e até o seu precioso tempo. Cultivar seu próprio alimento também traz mais consciência daquilo que se come. Com tantas vantagens, que tal experimentar? A Preza preparou algumas dicas básicas para ajudar você na preparação de uma horta caseira.

 

–       Espaço para fazer a horta não é mais um problema, principalmente para quem mora em apartamento. Hoje em dia, há opções de vasos de diversos tamanhos e também jardineiras. Escolha um recipiente com boa drenagem ou faça você mesmo um furinho na base. Isso evita o apodrecimento da raiz.

–       O melhor lugar para ter a sua hortinha é aquele com boa incidência de luz solar e pouca entrada de vento. Plantas precisam de água (neste caso, todos os dias) e também de sol, no mínimo 4 horas por dia.

–       O preparo do solo é a parte mais importante. Em canteiros, caixas ou vasos o solo precisa de adubação adequada para garantir o crescimento da planta. Uma boa dica é começar com uma camada de brita no fundo do recipiente, e depois misturar duas partes de terra, uma parte de composto orgânico (ou húmus de minhoca) e outra parte com areia. Dessa forma, você garante ao solo os nutrientes adequados e a terra fica fofinha, facilitando o desenvolvimento da raiz.

–       Mas afinal, o que é mais fácil de cultivar? Se você está querendo começar e não sabe por onde, prefira legumes que cresçam rápido e exijam um trato mais simples, como rúcula, espinafre, alface, manjericão, acelga e tomate-cereja. Chás e temperos são excelentes também!

 

Cultivando uma horta em casa, você cultiva bons hábitos alimentares, evitando alimentos industrializados e optando por verduras e legumes livres de agrotóxicos. Sem contar que o ritual do preparo e manutenção da sua horta, fazendo com que você mexa com a terra, estimula o contato com a natureza que muitas vezes está tão distante do seu dia-a-dia.

Se você curtiu a ideia e está a fim de saber mais dicas sobre o assunto, o Fabrique (nosso ilustre vizinho) oferece cursos de horta urbana, através de oficinas exclusivas. A próxima será agora dia 21 de abril, na Av. Polônia, 1073.

Clique aqui e informe-se! Ainda dá tempo de reservar teu lugar no curso 🙂

[foogallery id=”76553″]

 

Horta caseira: plante essa ideia 🙂

DIA INTERNACIONAL DA MULHER.

No Dia Internacional da Mulher, nada mais oportuno do que lembrar daquelas mulheres que fizeram história e inspiraram importantes transformações. No mundo da moda, foram muitas as influências femininas na construção de novos estilos e até na mudança de comportamento. Numa época em que ninguém falava de empoderamento feminino, estas mulheres já mostravam sua força para romper padrões e construir uma identidade única. Hoje em dia, a gente diria que elas são, de fato, poderosas.

Imagem: Wikipédia

 

Coco Chanel: Gabrielle Chanel viveu num convento, no interior da França, onde aprendeu a costurar. Do retalho das saias das freiras surgiu as primeiras roupinhas para suas bonecas. Quem diria, dessa experiência veio a inspiração de Chanel para mais tarde criar clássicos como o tailleur e o soberano vestido preto, na época em que o preto era, até então, associado ao luto. Sua grife até hoje é sinônimo absoluto de sofisticação.

 

Imagem: Amazon

Carmem Miranda: Maria do Carmo Miranda da Cunha brilhava nos palcos dançando e cantando rumbas e marchinhas. Mas o que chamava a atenção, tanto quanto sua voz e sua desenvoltura, era o seu visual: trajes coloridos, turbante, colares e sandálias plataforma. Carmem Miranda ditou moda nos anos 30 e 40, influenciando inclusive o mercado de design de jóias com seus balangandãs.

 

Imagem: Biography

 

Cleópatra:  Cleópatra Tea Filopátora mais famosa rainha do Egito, era culta, falava diversas línguas e dominava a arte da sedução. Mãe, deusa e guerreira era também uma mulher muito vaidosa. Foi precursora de várias técnicas de maquiagem, com destaque para o icônico olho delineado e a sombra azul. Ostentava o luxo da nobreza também na forma de se vestir, usando muitos adornos e abusando do dourado.

Imagem: Exame

Marilyn Monroe: Norma Jeane Baker tinha quadril largo, seios grandes e muitas curvas. Mas ao invés de escondê-las, fez questão de mostrar para o mundo a sua beleza. Protagonista da cena mais famosa do cinema, na qual aparece segurando seu vestido branco esvoaçante sobre a ventilação do metrô de Londres, Marilyn deixou sua marca registrada usando saias plissadas, decotes, cintura marcada e salto agulha, tornando-se símbolo sexual dos anos 50.

Imagem: Fashion Bomb Daily

Naomi Sims: Muito provavelmente você não conheça esse nome, mas Naomi merece fazer parte dessa lista. Ela foi a primeira top model negra norte americana. Depois de receber muitas negativas de agências de modelos pelo fato de sua pele ser escura, ela virou o jogo. Em 1967, estampou a capa do Fashion of the Times, suplemento de moda do jornal The New York Times. Depois, estrelou a campanha nacional da empresa de telefonia AT&T. No ano seguinte, saiu na capa da revista Ladies’ Home Journal, sendo considerada o melhor retrato do movimento “Black is Beautiful”. E foi ainda capa da famosa revista Vogue, tornando-se uma referência e abrindo caminho para que outras modelos negras entrassem no mundo da moda.

Neste dia 08 de Março, a Preza homenageia essas mulheres para que a gente possa se espelhar nelas e nunca esquecer do mantra: somos capazes de fazer e de ser aquilo que quisermos.

8 DICAS PARA VOCÊ ADOTAR HOJE UMA POSTURA MAIS SUSTENTÁVEL

Se para você ser ecologicamente sustentável ainda é uma promessa e não uma rotina, vamos dar algumas sugestões simples para tonar o seu dia-a-dia mais verde, mais econômico e menos artificial. Confira abaixo 8 dicas que a Preza preparou para você colocar em prática hoje mesmo, pois são ações muito fáceis de implementar, basta aquele pontapé inicial para começar.

  1. Cancele o recebimento das suas faturas pelo correio, solicite faturas digitais e se livre de uma vez por todas daquele amontoado de envelopes e papéis.
  2. Ao usar a impressora, imprima frente e verso. Assim como os discos de vinil, papel tem dois lados!
  3. Compre à granel e economize dinheiro e embalagens. O meio ambiente agradece.
  4. Desligue da tomada aparelhos eletrônicos quando não estiverem sendo usados. Sim, eles consomem energia mesmo desligados.
  5. Use menos o seu carro. Hoje em dia, opções é o que não faltam: aplicativos para condução e caronas, bicicleta ou mesmo a boa e velha caminhada.
  6. Leia jornais e revistas online. Troque suas assinaturas impressas por versões digitais.
  7. Quando uma lâmpada velha queimar, troque-a por uma fluorescente que é mais ecológica e consome até 60% menos energia.
  8. Compre direto de quem faz. Estimule a economia local, valorizando a sua comunidade. Prefira sempre produtores locais.

Motivos é o que não faltam para você fazer a sua parte e adotar uma postura mais consciente. Lembre-se de que cada pequeno gesto tem um grande valor.

Então, pronto para colocar em prática sua listinha sustentável? Boralá! 🙂

CARNAVAL É SAMBA NO PÉ E TALENTO FEITO À MÃO :)

O ano mal começou e o carnaval está aí…Tudo assim andando tão depressa, no compasso de um sambinha acelerado! E você já parou para pensar que essa festa linda envolve o talento de tanta gente? Afinal as fantasias das Escolas de Samba são todas feitas à mão, planejadas e executadas com riqueza de detalhes e muita antecedência. São bordados, aplicações e enfeites variados que exigem mãos habilidosas para costurar as melhores soluções, ponto-a-ponto.

Nós aqui da Preza conhecemos bem o valor do trabalho manual, pois nossos óculos são feitos à mão, um a um, com todo cuidado e carinho, através da tecnologia de corte à laser. Nossa equipe é formada por pessoas que transformam madeira em óculos exclusivos, com design singular. Mais do que um produto, uma história por trás de cada peça.

As mesmas mãos que produzem os óculos tecem os estojinhos de tecido, onde eles são guardados. Estampas suaves e coloridas, provenientes de resíduos variados, portanto nunca nenhuma é igual a outra.

É por isso que sempre que a gente vê um desfile de carnaval na tv, nessa época do ano, lembramos que o trabalho artesanal é um dos grandes protagonistas dessa festa. Ele não aparece na avenida, mas brilha nos bastidores, muito antes da folia começar.

Ah, se bateu uma curiosidade de conhecer melhor a nossa equipe e a oficina, clica aqui e confere a matéria que rolou no ano passado no programa Mistura, da RBS TV.

INSPIRAÇÃO: ONDE ENCONTRAR?

A inspiração está em todos os lugares, basta um olhar mais atento. É como um “onde está wally?” que captura o alvo em meio a multidão. Depende da motivação de cada um, do seu propósito e impulso criativo. Nós aqui da Preza nos inspiramos na natureza para criar óculos de madeira únicos e numerados.

Inspiração combina com admiração e foi pensando na importância que a natureza exerce sobre a economia que criamos uma marca sustentável. A Preza transforma excedentes industriais em óculos autênticos com alto impacto social e baixo impacto ambiental. A produção é manual, o corte é à laser e a colagem e o tratamento da madeira são elaborados com materiais de origem vegetal e sem solventes. É na natureza que buscamos a nossa essência, é da natureza que tiramos o essencial.

Quando criamos recentemente a linha de óculos de madeira Donna + Preza, em parceria com o caderno Donna do jornal Zero Hora, nos inspiramos em um universo que foi além da natureza e invadiu o mundo das passarelas. Os dois modelos dessa linha foram batizados de Naomi e Kate, em homenagem às supermodelos Naomi Campbell e Kate Moss. Difícil dizer qual a mais bonita, né? Dê só uma olhada: preza.me/donna

Quando se fala em inspiração, algumas marcas de moda costumam seguir uma linha ou tendência. É como aquelas pessoas que tem um estilo único e às vezes até um certo fascínio por um elemento próprio. Esta artista russa, por exemplo, busca inspiração em balões, lanternas e bolhas para captar imagens incrivelmente coloridas e delicadas: www.hypeness.com.br

A Preza não segue nenhuma tendência em especial. Nossa regra é não ter regras. A cada nova coleção surge uma nova motivação. A Coleção Voga, por exemplo, foi inspirada nos mistérios e na sabedoria do mar. Ela é formada por três modelos: Atol (redondinho como as ilhas de corais), Cabo (o desenho da armação faz uma alusão aos contornos do destino) e Voga, modelo que dá nome à coleção (o formato do óculos determina o ritmo da embarcação). Já os modelos Terra e Cambará foram inspirados em uma das principais obras da literatura gaúcha e nacional.

Se você está buscando inspiração, vale aqui uma boa dica: o melhor lugar para encontrá-la é, antes de tudo, dentro de si 🙂